Posts Recentes: Personal Stylist

Na Moda: Camisa social de um jeito diferente

Na Moda: Camisa social de um jeito diferente

Veja hoje como aproveitar sua camisa social para sair. Temos visto muita camisa social transitando pelo street style, mas não da maneira tradicional. A ideia é liberar sua criatividade, para isto basta uma camisa social listrada e uma maneira inusitada de usar. Para dar certo…

Porque investir no couro para o verão

Porque investir no couro para o verão

A idéia de usar couro no verão te deixa com calor? Venha conferir o post de hoje e veja, porque deve investir nesta tendência para o verão. Já tem tempos que o couro deixou de ser artigo de inverno, hoje ele é usado durante todas as…

Jaqueta Bomber

Jaqueta Bomber

A jaqueta bomber é super tendência de inverno nos street styles de todos os lugares, veja como ela pode ser uma terceira peça super interessante para compor seu look. Nada de pensar que ela é somente para o tempo frio, já usamos no verão em temporadas…

To top
12 fev

Palestra do Paulo Borges no Sebrae

Ontem estive na palestra do Paulo Borges no Sebrae-GO (Moda, Inovação e Criação), para quem não conhece é o idealizador e diretor artístico da São Paulo Fashion Week. Começou sua carreira no mundo da moda nos anos 80, trabalhando com a jornalista Regina Guerreiro, na Vogue Brasil.

A palestra foi super interessante e ele divulgou números interessantes sobre o Brasil. Nosso país está na lista dos principais mercados mundiais da indústria têxtil, é o segundo na produção de índigo (jeans)e o 3º produtor de malha. Ele fala também sobre a falta de fomento para novos investidores, que precisamos de uma formulação de uma política pública, porque as empresas brasileiras que exportam, só vendem cerca de 10% de sua produção para fora.

Outro ponto importante que ele diz é que precisamos começar a inovar a moda no Brasil, para isso precisamos pensar no modelo que queremos para ela e que seja um outro olhar, porque no momento atual não há muita criatividade, a moda tem que ser rápida e vendável para atender os consumidores anciosos por novidades, mas o problema é que não está tendo muita inovação.

O que o Brasil precisa para melhorar esse setor: forte desempenho econômico, inovação, produto de valor agregado, reconhecimento de marca no Brasil. Para o início desse processo contamos com projeto “Contextualizar Moda”, firmado entre o Sebrae Nacional e o Instituto Nacional de Moda e Design (In-Mod) para inserir as micro e pequenas empresas no mercado. Por meio do convênio, empresas de Goiás participaram como expositoras de edições do Rio-à-Porter, que agora faz parte do Salão Bossa Nova de Moda e Negócios.

Esperamos que esse projeto possa  ajudar a milhares de empreendedores anciosos por entrar no négocio da moda ou ampliar seu negócio, porque acho que nosso país tem potencial para vender uma moda de qualidade, de valor agregado e que possa gerar milhões de empregos.

Bjos!

Adriana Galhardo.

Comments

comments

No Comments

Deixe aqui sua opnião! Você é muito importante para mim!

%d blogueiros gostam disto: